DIETA DOS CARBOIDRATOS BALANCEADOS – EMAGREÇA COM SAÚDE!

fdsf

Existem infinitos tipos de dietas. Entre elas, existe uma restrição quase universal: os carboidratos, popularmente conhecidos como açúcares. Isso porque essas substâncias atuam como “combustíveis”, garantindo que o corpo tenha energia o suficiente para realizar todas as suas funções básicas. Assim, esses alimentos acabam favorecendo o acúmulo de gordura, o que pode dificultar a perda de peso, certo? Nem tanto.

A ausência de carboidratos no organismo pode levar a hipoglicemia, que é a diminuição do nível de açúcar no sangue. Esse fenômeno pode causar confusão mental, dificuldade para realizar tarefas simples do dia-a-dia, palpitações, tremores, fome excessiva, suor frio, ansiedade e formigamento nas mãos e na boca. Além disso, quando cortamos os carboidratos de nosso cardápio diário, o corpo para de queimar gordura e, ao emagrecer,  perdemos apenas massa magra – o que inclui os músculos. O metabolismo também fica mais lento, dificultando ainda mais a perda de peso.

Abolir os carboidratos da alimentação causa mais desvantagens do que vantagens. Ao perceber isso, um endocrinologista paulista resolveu criar a dieta dos carboidratos balanceados, que é extremamente saudável e nutritiva, ao mesmo tempo em que possibilita o emagrecimento.

Como funciona?

comer_massas_em_dieta

Como o nome sugere, a premissa da dieta dos carboidratos balanceados é permitir o consumo de alimentos considerados inimigos da perda de peso – como pães, arroz e macarrão – com proteínas e fibras que irão desacelerar a absorção dos carboidratos pelo corpo. Assim, o metabolismo processa esses alimentos antes que eles se transformem em gordura efetivamente. Com essa medida, os açúcares cumprem sua função de fornecer energia e ainda contribuem para a perda de peso.

Para potencializar os efeitos da dieta, vale apostar em algumas pequenas dicas, como beber pelo menos 1,5 litro de água diariamente para que as fibras ingeridas sejam mais bem aproveitadas pelo organismo. Também é importante acelerar o metabolismo. Isso pode ser feito com espaços curtos, de cerca de 3 horas, entre cada refeição, e com a prática regular de exercícios físicos. Com esse regime, é possível perder de 1 a 1,5 quilo por semana.

A única restrição da dieta é o consumo de doces e refrigerantes. Recomenda-se a troca desses alimentos porfrutas e sucos. Vale ressaltar que antes de começar qualquer regime, é fundamental passar por uma consulta com um nutricionista de sua confiança. Lembre-se que diabéticos e celíacos (pessoas com intolerância a glúten) não devem aderir a dietas, de modo geral.

Cardápio

carboidratos_com_legumes_dieta

Ficou interessado em experimentar? Saiba como montar um cardápio dessa dieta com as sugestões abaixo:

  • Café da manhã

Você pode consumir os seguintes carboidratos…

– Frutas;

– Sucos;dieta_dos_carboidratos_com_proteína

– Laticínios, como leite, iogurte ou, principalmente, coalhada, que possui baixo índice glicêmico. Aposte nas versões desnatadas e light desses alimentos;

…desde que os combine com alimentos como, por exemplo:

– Cereais sem açúcar;

– Café com adoçante;

– Prefira sempre o pão integral. Entretanto, se bater aquela vontade de comer um pãozinho branco, consuma-o com uma fatia de algum queijo branco light, tofu ou ovos mexidos.

  • Almoço

Verduras e legumes estão liberados a vontade. Abuse de brócolis, couve, acelga, repolho, alface, couve-flor, agrião, tomate e cenoura;

– Caprichando nos legumes, o arroz branco está liberado. Consuma arroz integral, no mínimo, de duas a três vezes por semana para otimizar os resultados da dieta;

As proteínas magras devem estar sempre presentes no seu prato. Aposte em frango, peixe e carnes vermelhas com baixo índice de gordura, como patinho, maminha, lagarto, músculo, filé mignon e coxão mole;

– Para a sobremesa, escolha sempre frutas.

  • Jantar

– A janta pede sempre refeições mais leves. Invista em sopas de legumes ou canjas, que podem tranquilamente levar macarrão e arroz, desde que suas receitas levem uma variedade grande de legumes;

– Peixes são excelentes porque além de serem fontes de proteínas, contam com quantidades expressivas deÔmega 3, que diminui o colesterol ruim. Se estiver buscando por praticidade, vale investir em receitas de fácil preparo, como uma torta ou suflê de legumes com atum, por exemplo;

– Sanduíches naturais, sempre com verduras e frango ou atum.

  • Lanches

– A dieta dos carboidratos balanceados pede sempre dois lanches: o da manhã e o da tarde. Dependendo da hora em que estiver acostumado a jantar, é possível também inserir um lanche da noite;

– Leite de soja ou desnatado;

– Sucos;

– Vitaminas com aveia ou linhaça;

– Iogurte light;

– Frutas, sempre combinadas com alguma proteína magra – como peito de peru, por exemplo;

– Barrinhas de cereais.

Lembre-se sempre de consultar seu médico e fazer exames complementares antes de começar uma dieta nova. Depois disso, é só montar seu cardápio e iniciar sua nova rotina! A reeducação alimentar é o primeiro passo para uma vida saudável e feliz.